A corrida pode realmente mantê-lo jovem

Para continuar jovem, continue correndo! É a conclusão de um trabalho realizado pela University Colorado Boulder em conjunto com a Humboldt State University, ambas dos EUA, que acompanhou idosos fisicamente ativos, praticantes de corrida ou caminhada.

A pesquisa envolveu 30 homens e mulheres com idade média de 69 anos que caminhavam ou corriam pelo menos três vezes por semana, por no mínimo 30 minutos, durante seis meses. Os participantes passaram por uma avaliação de saúde prévia e foram submetidos a um teste de caminhada na esteira, em três velocidades, medindo-se o consumo de oxigênio e a produção de dióxido de carbono durante o esforço. Seus resultados foram comparados a um estudo anterior feito com adultos sedentários, tanto jovens como mais velhos.

Verificaram que os idosos que praticam corrida são mais eficientes quando caminham do que os que praticam apenas a caminhada. Os adultos mais velhos que participam regularmente de atividades de alta exigência aeróbica, corrida em especial, têm um menor custo metabólico na caminhada.

Os idosos corredores gastam a mesma quantidade de energia ao caminhar que um típico jovem de 20 anos. Já quem caminha teve resultado equivalente ao dos sedentários, consumindo 22% mais energia que o grupo jovem.

À medida que envelhecemos, há um decréscimo de nossa capacidade aeróbica máxima e isso vale também para corredores. A novidade é que para os corredores mais velhos o custo de caminhar é menor.

A caminhada é comprovadamente positiva para a saúde no que se refere à prevenção de doenças cardiovasculares, diabetes, ganho de peso e depressão, porém a investigação demonstra que a eficiência energética não é um desses benefícios.

Finalmente, a mensagem a ser extraída do estudo é que a prática constante de corrida como exercício aparentemente desacelera o processo de envelhecimento e permite que o indivíduo se movimente com maior facilidade, aumentando sua independência e qualidade de vida.

 

Para acessar o estudo acesse: http://www.plosone.org/article/info%3Adoi%2F10.1371%2Fjournal.pone.0113471

By Team Calendário

One Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *